sábado, 4 de março de 2017

Texto: Entre lençóis


Ele me olhava enquanto dormia. Aposto que não sabia que eu fazia exatamente a mesma coisa. Olhava o meu rosto, a fisionomia cansada e as pequenas rugas que surgiram com o passar do tempo. A respiração agitada, talvez estivesse tendo um pesadelo. Mas não importava e nada mais importava, porque ele estava ali. Lá fora estava frio, as grandes árvores do interior balançavam com o vento, fazendo ruídos estarrecedores. A natureza era muito viva lá fora enquanto todos dormiam em suas camas. Mas ele não estava dormindo, estava me olhando. Afagava os meus cabelos pensando em vagas lembranças de nosso relacionamento. Por um momento quase acordei quando senti a sua mão sobre a minha nuca. Ele parou. A luz do abajur já não era clara como antes, apenas projetava uma cor amarela fraca em nossos corpos, que a essa hora da manhã estavam completamente jogados na cama. De repente a luz apagou, ele devia estar muito cansado para continuar as carícias e reflexões de rotina. Por um instante nada aconteceu. Respirei fundo e senti um abraço vindo por trás, apertando forte as costelas. Soltei um leve sorriso, mesmo dormindo. O melhor lugar do mundo era esse. Então ele dormiu, sereno.

Texto autoral
Carolina C. Meulam

Texto recuperado do meu último blog e reescrito, conforme necessidade.

12 comentários:

  1. Texto muito bom, que sentimento gostoso esse, de não precisar de mais ninguém pra somar na nossa vida. De ter um porto seguro junto a você...
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi lindona! É um sentimento maravilhoso! Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  2. Adorei o texto. Você escreve muito bem. Muito bem escrito e fácil de entender. Como o texto disse, "o melhor lugar do mundo" é nos braços de quem amamos. Amei. Parabens pelo blog.
    www.dicasdaari.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariadna! Fico muito feliz que tenha gostado! Obrigada pelo comentário lindona. Está convidada a voltar mais vezes.
      Beijos

      Excluir
  3. Que texto lindo! Você tem um talento indiscutível pra escrita. Parabéns mesmo! Amei demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erick! Muito obrigada pelo comentário, de verdade!
      Beijos

      Excluir
  4. Olá! Texto maravilhoso, carregado de sentimento e nostalgia. É daqueles textos que nos fazem relembrar boas memórias, sensaações, músicas... O que faz a gente realmente se sentir bem num domingo à tarde! Parabéns pelo texto

    bjs

    Inajara

    www.vintageandgeek.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi lindona! Eu fico muito feliz que tenha gostado! Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  5. Oii! Parabéns pelo texto. Equanto eu tava lendo eu pensei na música do Projota "enquanto você dormia". Você escreve de forma sutil. Curti a tua forma de escrita. Te adicionei no meu leitor de blogs pra te acompanhar sempre. Beeeeijo

    www.verdadeescrita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rebeca! Fico muito feliz que tenha gostado! Não conhecia a música que mencionou, vou escutar. Obrigada pelo comentário lindona.
      Beijos

      Excluir
  6. Sempre que leio esse texto, sinto uma coisa diferente dentro de mim. Não se bem o que. Mas eu amo esse textooo ♥

    Beijocas,
    www.dossiedeverao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca! Fico muito feliz em ler comentários como o seu! Obrigada.
      Beijos

      Excluir

Sobre

Carolina, mais conhecida como Carol. 22 anos. Aquariana. Porto-alegrense. Formada em Web Designer. Graduanda em Produção em Mídia Audiovisual. Saiu de casa com 17 para entrar na Universidade.

Newsletter