domingo, 29 de outubro de 2017

Bate-papo: Mas e a vida, como anda?

Na foto, eu e a Maira.
Não é nenhum tipo de surpresa a minha ausência aqui no blog. Eu sei, mas ao invés de pedir desculpas ou de tentar - inutilmente - justificar a minha ausência, simplesmente vou contar as novidades em forma de conversa. Sim, tomar uma xícara de café e desabafar sempre vai ser a melhor  opção. E por falar em melhor opção, nos últimos meses fiz uma série de escolhas que me trouxeram para o aqui e agora.

Para ser mais específica, essas escolhas me trouxeram para uma caminhada espiritual mais efetiva, colocando de lado outros assuntos que, nesse momento, não mereciam foco. E junto com a caminhada espiritual vieram as lições, os erros e os acertos sob a perspectiva de uma nova consciência. Eu não sou mais a Carolina de antes. A Carolina que, meses atrás, postava sobre amor em tom dramático e de muita tristeza. Sobre filmes e séries que devorava em dias, quase como uma compulsiva alimentar. Ou sobre assuntos que, se tornando uma obrigação, perderam a graça e também o meu interesse. Eu mudei. E já me conformei que essa mudança é constante, não para. Não acaba. Ela começa no primeiro choro de vida e termina no último suspiro. Mas o pulo do gato é justamente curtir cada etapa do processo e não resistir a mudança.

Projetos e mais projetos de trabalho estão surgindo ao mesmo tempo. Afinal, assim como eu mudei, a minha vida mudou também. O emprego mudou, agora eu sou a minha própria chefe em período full time. As amizades e os interesses mudaram. E por fim, a minha forma de enxergar a vida, e as pessoas como um todo, foi transformada, como se camadas e mais camadas de perspectivas fossem removidas da minha frente. E agora consigo enxergar com mais clareza e nitidez o mundo a minha volta. Junto com todas as novidades e projetos, eu e a minha namorada criamos o Gurias da Trip, um blog e canal que vai ter basicamente a mesma proposta do meu blog pessoal, só que em parceria com a Maira. Vamos falar de espiritualidade, textos autorais, muito bate-papo consciente, receitas vegetarianas (novidade POWER!), mochilão e festivais pelo Brasil a fora. A nossa meta é de conquistar esse mundão, e se você tem interesse em aventura e muita good vibes está no lugar certo! Eu também quero continuar Pobre Alice o quanto antes, odeio ser aquela escritora que desaparece com o final da história. Prometo que só vou parar de escrever quando postar o último capítulo, ok?
 
Mas antes de qualquer coisa quero agradecer a minha melhor amiga Fany, do blog Mundo de Fany, que insistiu várias e várias vezes para que eu não abandonasse o blog. Na correria do atual sistema, e na confusão de todas as minhas ideias, passou pela minha cabeça a vontade de abandonar essa vida de blogueira¹ e de simplesmente viver a vida como uma pessoa normal. Viver a vida longe dos holofotes das redes sociais e influência da mídia, passando as 24h do meu dia (ou o tempo que conseguir) completamente desconectada. Mas hoje percebo que os extremos nunca serão sinônimos de naturalidade. É necessário um equilíbrio, até mesmo entre a natureza e a tecnologia. Quero aproveitar para avisar também que estarei mais presente tanto aqui no blog, como na página do fb e no Gurias da Trip. Espero vocês!

Nota de rodapé:¹no sentido de estilo de vida, vestimos o uniforme de blogueira e não tiramos mais. Qualquer assunto se torna uma possível postagem nas redes sociais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Carolina, mais conhecida como Carol. 22 anos. Aquariana. Porto-alegrense. Formada em Web Designer. Graduanda em Produção em Mídia Audiovisual. Saiu de casa com 17 para entrar na Universidade.

Newsletter